SAMP

A SAMP - Sociedade Artística Musical dos Pousos, entidade que organiza o EISA - Encontro Internacional Saúde com Arte, é uma Instituição de Utilidade Pública fundada em 1873. Teve como primeiro presidente o Barão de Viamonte, figura de realce na política nacional, pertencente aos partidos regenerador e progressista, e por duas vezes Governador Civil do Distrito de Leiria. Entre as várias personalidades que então participaram na sua constituição conta-se Eça de Queiroz, um dos seus primeiros e maiores sócios beneméritos.

Com actividade ininterrupta desde a fundação, apesar das crises provocadas pelas Grandes Guerras e pelas correntes emigrantes, a SAMP tem desempenhado um papel de relevo a nível regional, e nalgumas das suas áreas a nível nacional, seja pelo significativo número de artistas profissionais que dela têm saído, seja pela inovação e qualidade de alguns dos seus programas.

Para além da Filarmónica, corpo histórico da instituição, de uma Escola de Artes com ensino oficial de Música, e de várias formações corais e instrumentais, a SAMP desenvolve em parceria com diversas instituições e órgãos do Estado um vasto leque de programas nos âmbitos da Formação, Musicoterapia e Terapias Expressivas.

De toda a actividade SAMP destaca-se o seu projecto de ensino artístico dedicado à primeira infância, de que foi pioneira a nível nacional e se constitui como referência com alguns dos seus programas, bem como a forte intervenção social que assumem os vários programas que desenvolve no âmbito dos efeitos terapêuticos das artes.